Trabalhadores que tiveram auxílio emergencial negado no dia 10 já podem recorrer