Carreira

Seu salário é compatível com sua função? Descubra



Um novo projeto de lei quer obrigar as empresas a informarem a faixa salarial na divulgação de vagas de trabalho e, em recente pesquisa, 90% dos trabalhadores já se mostraram a favor dessa prática no país, evitando que os interessados percam tempo com oportunidades que não são compatíveis com a sua necessidade.

A prática, que pode melhorar a equidade salarial, já é lei no estado de Washington, nos Estados Unidos, e regra para diversas grandes empresas do país.

Enquanto esse movimento não é realidade para a maioria das empresas no Brasil, existem maneiras de saber se o salário oferecido durante um processo seletivo – ou mesmo o salário atual – estão dentro da média do mercado. 

Confira algumas ferramentas para checar se o seu salário é compatível com a vaga ocupada.

Salary Insights

A ferramenta Salary Insights, da empresa de gestão de pagamentos internacionais Deel, permite que companhias e seus funcionários possam entender a remuneração oferecida em determinado mercado de trabalho ao redor do mundo. 

Eles fazem um levantamento dos salários por meio de envios anônimos de contratados e funcionários da mesma área. A ferramenta pode ser acessada aqui, onde é possível escolher o tipo de contratação, selecionar a localização e o tipo e nível da vaga a ser preenchida.

A empresa também oferece a calculadora de custos, que permite que os gerentes possam calcular o custo total da contratação de um funcionário, já que fornece um valor aproximado dessa operação em partes diferentes do globo.

Salary Comparison Tool

A consultoria de recursos humanos Michael Page também tem sua própria ferramenta de comparação salarial. Depois de preencher os dados informando o cargo que ocupa e o tamanho da empresa, o funcionário descobre se sua remuneração está acima ou abaixo da média.

Esse valor é calculado com os dados das vagas abertas e divulgadas pela consultoria nos últimos 12 meses. Os números são atualizados a cada três meses, mas não incluem bônus ou benefícios – o que geralmente são uma parcela expressiva dos ganhos quando se trata de cargos C-level ou em consultorias, por exemplo.

Salariômetro

Com o Salariômetro, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o usuário pode verificar o salário de cada profissão em diferentes estados. O site também fornece informações sobre reajuste salarial e o piso médio por categoria.

A ferramenta calcula o salário médio dos admitidos nos últimos seis meses para as ocupações da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) . O site também disponibiliza o perfil dos contratados, com base no Caged (Cadastro de Empregados e Desempregados), divulgado mensalmente pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Guias salariais

Guias salariais divulgados por consultorias de recrutamento, como a Robert Half ou a Hays, também podem ajudar. O guia da Robert Half de 2022, por exemplo, mostra as perspectivas salariais e tendências do mercado de trabalho para mais de 300 cargos em diferentes áreas.

Glassdoor e afins

Além das ferramentas produzidas por empresas, há outras técnicas mais simples de comparar o seu salário. Existem sites com essa proposta, como o Glassdoor, talvez o mais famoso, em que as pessoas postam os seus salários e podem compará-los com os de outros profissionais. Claro que, como eles não têm uma amostra estatística e se baseiam nos posts de quem colabora com o site, a avaliação nem sempre será a mais realista.

Com informações Forbes



Fonte: Portal Contábeis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.