Pedidos de seguro-desemprego correspondem a 37,6% do número de demissões