Economia

Ministério da Economia eleva projeção de PIB para 2% em 2022



O Ministério da Economia anunciou, nesta quinta-feira (14), suas revisões das projeções de estatísticas macroeconômicas. Entre as atualizações, está o crescimento de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, ao invés de 1,5% projetado anteriormente.

Com essa nova expectativa, o PIB volta ao patamar esperado para a atividade econômica deste ano, conforme previsto no fim de 2021.

O novo valor é ainda melhor do que a expectativa do mercado financeiro, que segundo o Boletim Focus, previa alta de 1,59%

As revisões do Ministério ainda esperam que a inflação, avaliada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), encerre o ano em 7,2%, um pouco menor do que a projeção anterior, que estimava 7,9%. Este número também se mostra mais otimista que do mercado, que espera 7,67% ao término de 2022.

Essa é a primeira ocasião em que a pasta afirma a expectativa de redução da inflação, depois de consecutivos aumentos.

Aproveitando a oportunidade, também foram divulgadas as previsões para o próximo ano. A expectativa do PIB não houve alterações, sendo mantido em 2,5%. Já o IPCA subiu para 4,5%, contra 3,6% esperados anteriormente.

Para este ano, o Banco Central já admitiu que o teto da inflação será ultrapassado e em 2023 há grandes possibilidades dessa tendência se repetir. Segundo o Ministério da Economia, o IPCA deverá convergir para a meta inflacionária do país apenas em 2024.



Fonte: Portal Contábeis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.