governo e Câmara fecham acordo para fatiar análise em quatro partes