Economia

como ajustar limite de transação



Desde a sua criação, em novembro de 2020, o PIX caiu no gosto dos brasileiros e já é a principal ferramenta de transferência de valor e de pagamentos usado no país.

Até maio deste ano, eram 128,7 milhões de usuários cadastrados, segundo o Banco Central do Brasil (BC).

Já o número de chaves PIX ativas, até maio, chegou a 454,5 milhões. Sem contar que uma mesma pessoa pode ter mais de uma chave ativa.

Não há limite mínimo para pagamentos ou transferência via PIX. Isso significa que o usuário pode fazer transações a partir de R$0,01.

Em geral, também não há limite máximo, mas instituições que ofertam o PIX estabelecem um valor teto para diminuir os riscos de fraude e para prevenir lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo.

Mais de 70% dos usuários brasileiros sabem que é possível ajustar os limites máximos de valores transacionados por PIX, mas quase metade, 47%, ainda não configurou novos valores para suas transferências.

Esse levantamento foi realizado pelo C6 Bank/Ipec, que ouviu 2 mil pessoas das classes A, B, C e com acesso à internet.

“O ideal é que as pessoas ajustem os limites diário e noturno de transações com PIX para o menor valor possível, de acordo com seus gastos diários”, afirmou o head de cibersegurança do C6 Bank, José Luiz Santana, em nota.

De acordo com a pesquisa, 36% dos usuários já definiram novos valores para suas transferências com PIX, 6% fizeram esse ajuste para apenas um dos bancos que usam e 12% responderam que não se lembram.

A definição de novos limites para pagamento pode ser feita pelo próprio cliente diretamente no aplicativo do banco.

Conforme o Banco Central do Brasil explica, os pedidos de redução têm efeitos imediatos e os pedidos de aumento só são considerados após um prazo de 24 horas.

Processo de configuração

  • Faça o login no aplicativo de seu banco;
  • Clique na opção “Pix”;
  • Toque em “Meus Limites”. O app vai mostrar seu limite diário atual. Para mudar os valores, clique nas opções “Gerenciar meus limites”, “Personalizar Limites Pix” ou “Alterar meus limites”, dependendo de qual seja a instituição bancária, para definir um novo valor;
  • Confirme a operação.

Em alguns bancos, como o Banco do Brasil, o aplicativo vai alertar que, caso o usuário precise aumentar o limite, uma confirmação deve ser feita no Internet Banking ou caixa eletrônico.

Com informações g1 Economia



Fonte: Portal Contábeis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.