Bolsonaro sanciona lei que pode baratear internet, mas veta isenção tributária para plataformas de streaming