Auxílio Emergencial não será suficiente para cobrir necessidades básicas, aponta estudo