Economia

Auxílio Brasil representa 10% do PIB local em quase 650 cidades




Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Auxílio Brasil, programa de assistência social criado pelo governo de Jair Bolsonaro (PL) para substituir o Bolsa Família, representa atualmente pelo menos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) local em 648 cidades do país, quase todas no Nordeste.

Isso é o que mostra o estudo realizado pelo professor titular da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Ecio Costa, em parceria com a P3 Inteligência, tomando como base dados do Ministério da Cidadania e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, Bahia, Maranhão e Piauí são os estados com maior número de cidades em que os valores pagos pelo auxílio entre janeiro e maio de 2022 representam 10% ou mais do PIB municipal.

O estudo analisou ainda a relação com o PIB nacional, e o professor estima que os R$87,7 bilhões já pagos aos beneficiários representem 1,04% do cálculo.

Avaliando onde o depósito do benefício têm maior proporção em relação à economia local estão os estados do Maranhão, Piauí e Paraíba.

A pesquisa revelou também que, em 15 das 27 unidades federativas, o Auxílio Brasil representa pelo menos 1% do PIB estadual.

 



Fonte: Portal Contábeis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.