Carreira

A importância da saúde mental dentro das empresas



A saúde mental dos trabalhadores deveria ser uma das preocupações principais dos empregadores, pois além de ser algo essencial para a qualidade de vida das equipes, também é fundamental para que o empresário consiga reter talentos de qualidade em sua organização.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os problemas com a saúde mental no trabalho são responsáveis por grande parte da perda de produtividade dos profissionais. Consequentemente, também interferem nos resultados das empresas. 

A depressão e a ansiedade estão entre os principais transtornos identificados nestes espaços, principalmente em tempos de incertezas. Quando a empresa se preocupa com esses fatores, ela consegue evitar complicações para o negócio e para os colaboradores.

O que significa focar na saúde mental no trabalho?

De acordo com a empresa de recrutamentos Robert Half, falar em saúde mental no trabalho significa levar em conta os vários impactos que o ambiente corporativo tem no psicológico das pessoas. 

Considerando a proporção de tempo que cada indivíduo passa no escritório diariamente, fica nítido o quanto esse espaço precisa ser saudável para que os trabalhadores e a organização não sofram com consequências negativas.

Conflitos e dificuldades de todos os tipos podem contribuir para prejudicar a saúde mental das equipes. Por exemplo, uma liderança que não sabe passar um feedback objetivo e acaba criticando um profissional diretamente precisa urgentemente rever a sua postura.

Para isso, não basta cada um se comprometer individualmente a aprimorar a própria postura. Em vez disso, é necessário um esforço coletivo da empresa que seja coordenado de maneira organizada e objetiva.

Por que é importante pensar na boa saúde mental no trabalho?

Ainda de acordo com a Robert Half, uma equipe mentalmente saudável torna-se mais produtiva, mais alegre e, consequentemente, melhora o ambiente de trabalho. Esses três fatores já são suficientes para que os gestores entendam a importância de pensar na saúde mental da sua equipe.

Trabalhadores com ansiedade, depressão e estresse elevado, tendem a ficar desmotivados. A qualidade dos trabalhos feitos por eles tende a ser afetada, o relacionamento com os colegas e com os líderes também. O resultado disso é um clima organizacional ruim, uma produtividade baixa e uma diminuição no crescimento da empresa e dos profissionais.

É essencial pensar na boa saúde mental no trabalho, e há um fator essencial para que as ações deem certo: a boa saúde mental do gestor.

A importância da saúde mental de quem lidera

A primeira reflexão que o empregador e gestor deve fazer é sobre o quanto valoriza seu time. Essa é uma das primeiras perguntas que os gestores precisam se fazer, promovendo um autoconhecimento. Não adianta buscar estratégias para diminuir os estresses causadores de males para a saúde mental, se o líder não faz o mínimo para manter uma boa relação entre as equipes de trabalho.

Também, é importante que os gestores estejam saudáveis, já que a real importância da boa saúde mental dos colaboradores no ambiente de trabalho é a manutenção de um local acolhedor, respeitoso e produtivo.

Isso auxilia no aumento da produtividade, da motivação e, consequentemente, na melhora dos resultados da empresa, ao incentivar e ser reflexo de bons hábitos, é possível promover as ações que entendemos como um primeiro passo para essa mudança necessária nos novos modos de existir no mercado de trabalho.

Consequências da falta de cuidado da empresa com a saúde mental 

Entenda algumas consequências possíveis de não se preocupar com a saúde mental e simplesmente deixar de implementar as estratégias que visam cuidar da saúde dos colaboradores. 

Confira a lista de prejuízos que podem acometer as organizações que deixam de se preocupar com a saúde mental no trabalho:

  • Aumento de perda de dias de trabalho;
  • Aumento no número de licenças;
  • Diminuição da motivação e do engajamento;
  • Aumento no diagnóstico de depressão, ansiedade e estresse;
  • Elevação do burnout;
  • Redução do rendimento dos profissionais;
  • Redução dos ganhos da empresa.

Não se pode mais negar a importância da preocupação com a saúde mental no trabalho. É necessário entender como esses problemas se desenvolvem e procurar soluções conjuntas para eles.

Todos os cuidados com a saúde mental no trabalho são válidos e eles vão desde a comunicação, passando por atividades físicas e de lazer até a prática de meditação. Nesse contexto, manter a mente relaxada ajuda na concentração e, por consequência, aumenta a motivação e a produtividade.

Leia mais

13 dicas para melhorar a saúde mental nos escritórios

Com informações Robert Half



Fonte: Portal Contábeis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.